Monthly Archives: Setembro 2015

EXULTAI E ALEGRAI-VOS PORQUE É GRANDE O VOSSO GALARDÃO NOS CÉUS!

1 – Querida Igreja, estamos hoje na era da tecnologia, onde tudo acontece num piscar de olhos, ou melhor, em um clique. As pessoas tem cada vez menos paciência para esperar, querem tudo hoje e, de preferência, agora. É uma ansiedade descontrolada. E, por vezes, nós também nos deixamos levar por essa impaciência. Queremos receber todas as bênçãos de Deus instantaneamente e esquecemos da vida eterna que nos foi prometida. Muitas vezes não queremos sofrer ou passar por problemas e dificuldades, porém as palavras de Jesus são verdade ainda hoje: bem-aventurados sois vós quando vos injuriarem, e perseguirem, e, mentindo, disserem todo o mal contra vós, por minha causa.

Todas: Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.

2 – A Bíblia nos afirma: Eis que o Senhor Jeová virá como o forte, e o seu braço dominará; eis que o seu galardão vem com ele, e o seu salário, diante da sua face para dar a cada um segundo a sua obra. Sim, depois de tudo que passarmos nessa vida, receberemos a recompensa do Senhor. Aqui nós choramos, lutamos, sofremos, mas nosso galardão está guardado com o Senhor. Quando a Igreja subir cantando o hino da vitória, seremos a coroa da vida, a qual Ele tem preparado para aqueles que o amam. Receberemos um novo corpo, uma nova morada, um novo nome, e, mais que tudo, estaremos para sempre com o nosso Salvador!

3 – Muitas vezes, achamos que, por servirmos ao Senhor Todo Poderoso, o criador de todas as coisas, o soberano sobre os céus e a terra, não sofreremos neste mundo. Mas pelo contrário, Jesus nos disse: se o mundo me perseguiu também perseguirá a vós, porque o servo não é maior que o seu Senhor. E o apóstolo Paulo nos adverte: todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições. Mas não devemos nos abster de fazer a vontade de Deus a fim de evitar a vergonha, a ridicularização, o constrangimento, ou algum prejuízo. Pelo contrário, devemos nos alegrar, porque Deus outorga a maior bênção àqueles que sofrem mais.

Todas: Palavra fiel é esta: que, se morrermos com ele, também com ele viveremos; se sofrermos, também com ele reinaremos!

4 – Aqui no mundo, temos um corpo sujeito às enfermidades e à morte, mas quando soar a trombeta, receberemos um corpo incorruptível, semelhante ao do Senhor. Aqui, andamos em ruas de terra ou de pedra com sujeira e poeira, mas o que está reservado para nós é glorioso. Lá no céu, não haverá mais doenças, não haverá velhice ou morte. Caminharemos pelas ruas de ouro e cristal e habitaremos nas moradas feitas pelo Senhor para aqueles que o amam. Suporta as lutas hoje, Igreja, porque as aflições do tempo presente não são para se comparar com a glória que em nós há de ser revelada. Lá tudo é glória, tudo é alegria e paz no Espírito Santo.

5 – Enquanto isso, vamos trabalhando para o Senhor aqui. Em meio às perseguições, não devemos parar de orar, louvar, evangelizar, visitar os enfermos, pregar a palavra, ensinar, consolar, enfim, de trabalhar para Jesus, de coração agradecido e fazendo o melhor! Porque a obra de cada um se manifestará; na verdade, o Dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um. Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão. Se a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento; mas o tal será salvo, todavia como pelo fogo. Que as nossas obras sejam aceitáveis diante de Deus como ouro, prata e pedras preciosas para recebermos o galardão naquele grande dia!

6 – E hoje, estamos aqui para agradecer ao Senhor pelas bênçãos que Ele nos tem dispensado durante esses ___ anos de oração neste lugar. Grandes têm sido as batalhas, mas o Senhor nunca nos deixa só e tem respondido as nossas orações, nos concedendo vitória. Aqui neste círculo de oração, Ele abre as portas de emprego, curas as enfermidades, batiza com o Espírito Santo, renova, enche de força e graça e nos prepara para a sua vinda gloriosa. São ___ em que não deixamos de olhar para os céus, esperando a promessa que Ele nos fez de nos levar para si para nos sentarmos com Ele no seu trono, assim como Ele está no trono pai. Fica firme, Igreja, porque este dia está chegando. Não temendo as perseguições, mas pelo contrário:

Toda comissão: Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus!