JUSTO ÉS, Ó SENHOR!

 

1 – Amo ao SENHOR, porque ele ouviu a minha voz e a minha súplica. Porque inclinou para mim os seus ouvidos; portanto, invocá-lo-ei enquanto viver. Cordéis da morte me cercaram, e angústias do inferno se apoderaram de mim; encontrei aperto e tristeza. Então, invoquei o nome do Senhor, dizendo: Ó Senhor, livra a minha alma! Piedoso é o Senhor e justo; o nosso Deus tem misericórdia. Os teus testemunhos, que ordenaste, são retos e muito fiéis. A tua palavra é muito pura; por isso, a amo. Pequeno sou e desprezado, mas não me esqueço dos teus mandamentos. A tua justiça é uma justiça eterna, e a tua lei é a verdade.

 

Todos: Sim, justo és, ó Senhor!

 

2 – Igreja, nós sabemos e cremos que Deus existe, embora não o possamos ver com os nossos olhos! Mas desde o principio dos tempos, Deus sempre quis revelar-se aos homens, suas criaturas! E através da sua palavra podemos entender como é grande, poderoso e amoroso o nosso Deus! Ao vermos o seu relacionamento com os homens, podemos perceber muitos atributos de sua pessoa e sua personalidade! Deus é Onisciente, Onipresente e Onipotente! Ele é Santo e Poderoso! Grandioso e Amoroso! Incorruptível e Eterno! Bondoso e Fiel! Longânimo e Compassivo! E o nosso Deus também é Justo e Reto em todos os seus caminhos!

 

Todos: Sim, justo és, ó Senhor!

 

3 – A justiça de Deus sempre esteve presente em seus atos, tal como a sua misericórdia! Ao criar nossos primeiros pais, Deus lhes deu uma advertência: Eles poderiam comer de todas as árvores do jardim, porém se comessem da árvore que estava no meio do jardim, eles morreriam. Mas um dia, o inimigo de Deus, e também nosso, enganou a Eva e eles desobedeceram à voz do Senhor! Por isso, tiveram que passar também pela justiça de Deus. Perderam a visão espiritual e esconderam-se de Deus como fugitivos! E, por sua culpa, o pecado passou a todos nós. E ainda hoje, o inimigo procura nos tentar oferecendo coisas que são boas aos nossos olhos, mas devemos vigiar se não quisermos perder a nossa comunhão com Deus!

 

4 – Podemos ver a justiça de Deus, ainda nos dias de Noé. Naquela época toda a humanidade estava perdida e a sua malícia tinha em muito aumentado, mesmo assim, Noé temia ao Senhor e andava nos seus caminhos. Por isso, Deus lhe disse que fizesse uma arca para ele e sua família, pois destruiria a terra com um dilúvio. Não devemos pensar que servimos a um Deus irado e destrutivo, porque o nosso Deus também é amor e justiça. Ao determinar a destruição, ele também proveu um meio de escape para aquela família. E no dia determinado todos entraram e quando Noé fechou a porta por dentro, Deus a fechou por fora. Mas Noé e sua família foram salvos, porque guardaram palavra do Senhor! Cumpre a ordem do Senhor, mesmo que não pareça ter sentido porque, em sua justiça, o Senhor estará trabalhando!

 

5 – No mundo em que vivemos, muitas vezes somos injustiçados! Mas o Deus a quem servimos é justo e não toma o culpado por inocente! Por isso, ele nos corrige quando estamos errados, mas também nos abençoa quando estamos de acordo com a sua palavra! Podemos ver isso na vida de José! Sendo ele ainda adolescente, Deus lhe mostrou em sonhos que ele obteria uma posição de honra! Porém, seus irmãos o odiavam e ele foi vendido como escravo! Foi caluniado e lançado na prisão! Mas, no tempo determinado, cumpriu-se a justiça de Deus e ele foi nomeado governador do Egito! E todos aqueles que se levantaram contra ele: seus próprios irmãos, Potifar e a sua mulher, tiveram que se inclinar diante dele! Espera no tempo de Deus, pois Ele cumprirá as suas promessas na tua vida e te fará um vencedor! Humilha-te, pois, debaixo da potente mão de Deus, e a seu tempo ele te exaltará!

 

6 – A justiça de Deus também se cumpriu na vida de Ana.  Ela era uma mulher oprimida e afrontada porque era estéril e não tinha filhos. O opróbrio e as afrontas enchiam de angústia o seu coração. Mas um dia, ela entrou na casa do Senhor e derramou perante ele toda a sua súplica e a sua angústia era tanta, que nenhum som saía da sua boca e o próprio sacerdote chegou a pensar que ela estava embriagada. Mas Deus, que é o juiz de toda a terra, que abate, mas também exalta, foi fiel à sua serva e concedeu-lhe não apenas um, mas seis filhos! O inimigo tem te afrontado? Ele diz que você não vai ter vitória? Não te desesperes, pois o justo juiz está contigo! Ele quebra o arco dos fortes e se tu estás fraco ele te cinge de força! Ele te erguerá do monturo e te fará sentar em cadeiras de príncipes porque Ele é Fiel!

 

7 – Mas a Bíblia nos mostra um jovem que não levou em conta a justiça de Deus. Sansão foi escolhido desde o ventre de sua mãe, a qual nem sequer podia ter filhos! Deus o separou e revestiu de uma força descomunal, na qual era usado quando o Espírito do Senhor vinha sobre Ele. Mas o caminho de Sansão foi cada vez mais difícil: desprezou o voto que tinha feito; desprezou o segredo de Deus, vivendo uma vida cada vez mais dissoluta. Até que por fim foi entregue aos seus inimigos, tendo sido cegado e humilhado por eles. Mas não é esse o plano que Deus tem pra ti. O Justo Juiz está vindo e ele vai cobrar de cada um o que foi feito do seu talento. O preço de Sansão foi muito caro, será que estás disposto a pagar tão alto também? Enquanto é tempo, entrega a tua vida totalmente nas mãos do Senhor, desce na presença de Deus e Ele realizará em ti os seus planos, mas não desprezes o dom que Ele te deu!

 

8 – E o dia do acerto de contas está chegando! O Juiz está às portas e vem com o seu galardão para dar a cada um segundo a sua obra! O que tens feito com o talento que o Senhor te entregou? Quando Ele voltar o que receberá da tua mão? Será que o dom está sendo desenvolvido ou está enterrado? Onde está a tua voz no grande coro que louva a Deus? E a pregação da Palavra? E a ajuda aos necessitados? A oração por aqueles que o Senhor tem te mostrado? Na casa de Deus há trabalho para todos e, com certeza, você se encaixa em algum lugar. Não te deixes intimidar pelas afrontas do adversário, nem seduzir pelas ofertas do mundo. Hoje é o dia que Deus te diz que tu és importante para Ele e que o dom que Ele te deu deve ser utilizado para o engrandecimento do seu reino na terra!

 

9 – Mas em meio a tudo isso, podemos ver também a misericórdia do Senhor em nossas vidas. Todos estávamos destinados a fim terrível: o inferno, pois essa era a nossa condenação. Mas o próprio Deus nos deu um meio de escape: Ele enviou a Jesus, seu único filho para morrer em nosso lugar! E ali na cruz do Calvário cumpriu-se a justiça de Deus. Morrendo na cruz, Jesus nos deu a liberdade, a oportunidade de irmos à presença do Pai. Hoje, eu e você estamos livres, o nosso destino é o céu, onde o Pai nos aguarda de braços abertos. Por isso, não devemos desprezar o sacrifício de Cristo, mas aceitá-lo em nosso coração, vivendo uma vida de santificação neste mundo perverso, pois um dia, o Justo Juiz nos entregará como recompensa a coroa da vida e estaremos para sempre com Ele!

 

10 – E hoje, estamos felizes e agradecidos a Deus por mais um aniversário desta União de Adolescentes. Durante este ano, muitas foram as investidas do adversário contra as nossas almas, mas o nosso Deus, o Justo Juiz, tem estendido as suas mãos sobre nós e nos dado vitória. Às vezes somos humilhados e oprimidos, mas Ele quebra o arco dos fortes e cinge os seus pequeninos de força! Ele tem sido a nossa força, a nossa ajuda e o nosso sustentáculo. Por isso o louvamos, porque vemos em sua pessoa e grandeza o seu amor e sua misericórdia, a sua fidelidade, o seu amor,a sua graça e a sua justiça em nossas vidas!

 

Toda União: Sim, justo és, ó Senhor!

 

Ore, jejue, decore e compareça aos ensaios.

Sua dedicação – a garantia de sua participação. Sua participação – a garantia de Deus operar em sua vida!

www.jograis.oi.com.br