CANTAREI AO SENHOR PORQUE TRIUNFOU GLORIOSAMENTE

 

1 – Cantai ao Senhor um cântico novo, porque ele fez maravilhas; a sua destra e o seu braço santo lhe alcançaram a vitória.

 

2 – Porque, quem é Deus senão o Senhor? E quem é rochedo senão o nosso Deus?

 

3 – Porque o reino é do Senhor, e Ele domina entre as nações.

 

4 – Amai ao Senhor, vós todos os que sois seus santos; porque o Senhor guarda os fiéis e retribui com abundância aos soberbos.

 

5 – Sim, Louvai ao Senhor porque desfaz o conselho das nações; quebranta os intentos dos povos.

 

6 – Mas o conselho do Senhor permanece para sempre; os intentos do seu coração, de geração em geração. Por isso:

 

Todos: Cantarei ao Senhor porque triunfou gloriosamente!

 

1 – Querida Igreja, a Palavra de Deus nos afirma que não há Deus como o Senhor e rocha nenhuma há como nosso Deus! Ele é o que muda os tempos e as horas, remove os reis e estabelece os reis. Não há quem o possa resistir ou fazer escapar de sua mão. Operando ele, quem impedirá? Ninguém pode invalidar o que ele determina, nem pode fazer voltar atrás a sua mão. Ele é o Senhor que criou o céu, o mar, a terra e tudo quanto neles existe. Este é o Deus a quem servimos e ao qual agradecemos nesta noite por mais um ano de vitória. Estamos muito felizes, porque grandes foram as lutas, mas o Senhor pelejou por nós e venceu, por isso cantamos:

 

Todos: Cantarei ao Senhor porque triunfou gloriosamente!

 

2 – Sim, eu cantarei louvores ao Senhor, porque Ele dá livramento! Quando o povo de Israel se encontrava cativo há mais de 400 anos no Egito, o Grande EU SOU os tirou de lá com sua mão forte e o seu braço estendido! Mas quando o povo chegou ao Mar Vermelho, não conseguiam ver como Deus os livraria: Montes de cada lado, o mar à frente e todo exército de Faraó atrás, vindo com grande fúria. Então Moisés clamou ao Senhor, que lhe disse: “Dize aos filhos de Israel que marchem”! E o Senhor abriu o Mar e o seu povo passou a pé enxuto! E assim, Ele tem feito em nossas vidas. Quando pensamos não haver solução, Ele providencia o escape e nós louvamos o seu nome dizendo: Cantarei ao Senhor, porque sumamente se exaltou; lançou no mar o cavalo e o seu cavaleiro!

 

3 – Nós cantaremos ao Senhor porque Ele é Varão de Guerra! Quando os amonitas e moabitas subiram contra Josafá, ele subiu ao Templo a orar e mandou que Judá e Jerusalém se prostrassem perante o Senhor Deus! E no dia seguinte, o povo saiu à peleja e Josafá ordenou que os cantores estivessem na frente e louvassem ao Senhor com voz mui alta. E eles saíram na frente dos armados, exaltando ao Senhor com Júbilo dizendo: “Louvai ao Senhor porque a sua benignidade dura para sempre”. E ao tempo em que eles começaram a louvar ao Senhor com júbilo, o Senhor derrotou os seus inimigos!

 

4 – Quando Deus é a razão do louvor do crente, ele só canta vitória! Quando os filhos de Israel vieram a desviar-se do Senhor, ele os entregou nas mãos do rei de Canaã. Mas eles se converteram e clamaram ao Senhor e Deus os ouviu, levantando Débora, mulher profetisa e juíza em Israel naqueles dias! E quando ela e Baraque conclamaram o povo para a guerra, o Senhor derrotou a Sísera, a todos os seus carros e todo o exército diante dos filhos de Israel! E Débora entoou um cântico de louvor ao Senhor! O inimigo tem se levantado para impedir a tua vitória? Louva ao Senhor, pois ele vai marchando adiante de ti! Os montes tremerão na sua presença e o inimigo será desbaratado!

 

Todos – Desperta e entoa um cântico! Pois do céu, os anjos do Senhor pelejarão por ti e na terra, até os ribeiros arrastarão os teus inimigos, pois o Senhor dos Exércitos é o teu Deus, o teu louvor e a tua vitória!

5 – E porque Deus é o nosso louvor e a nossa vitória, nenhum inimigo sustem-se de pé na frente dos escolhidos do Senhor! Deus fez assim na vida de Davi e faz na minha e na tua também. Davi foi perseguido e quase morto por Saul, foi rejeitado por seus irmãos quando foi ungido rei, foi desprezado por Golias quando foi lutar contra ele, mas nenhum desses ficou de pé, pois Davi confiava no Senhor! Por isso, Davi pôde cantar quando Deus o livrou das mãos dos seus inimigos: "O SENHOR, digno de louvor, invocarei, e de meus inimigos ficarei livre. Vive o SENHOR, e bendito seja o meu rochedo; e exaltado seja Deus, a rocha da minha salvação. Por isso, ó SENHOR, te louvarei entre os gentios, e entoarei louvores ao teu nome.”.

 

6 – E nesta noite, louvamos ao Senhor porque Ele tem triunfado em nossas vidas! E assim como fez na vida do seu povo nos tempos antigos, continua fazendo em nossas vidas ainda hoje! Nós o louvamos porque Ele é vitória, Ele é cura, Ele é livramento, Ele é alegria, Ele é benção, Ele é o Senhor em nossas vidas! Como podemos deixar de louvar àquele que é a razão de nossas vidas? Que nos resgatou do mundo de pecado e nos fez reis e sacerdotes através de Jesus Cristo! Nós te louvamos, Senhor, por tudo que tens feito em nossas vidas durante este ano e queremos te dizer que, mesmo em meio às maiores provas:

 

Todos – Nós cantaremos a ti porque tens triunfado gloriosamente!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ore, jejue, decore e compareça aos ensaios.

Sua dedicação – a garantia de sua participação. Sua participação – a garantia de Deus operar em sua vida!

www.jograis.oi.com.br