QUE HOMEM É ESTE, QUE ATÉ O VENTO E O MAR LHE OBEDECEM?

 

Voz Oculta: "O SENHOR reina; está vestido de majestade. O SENHOR se revestiu e cingiu de poder; o mundo também está firmado, e não poderá vacilar. O teu trono está firme desde então; tu és desde a eternidade. Os rios levantam, ó SENHOR, os rios levantam o seu ruído, os rios levantam as suas ondas. Mas o SENHOR nas alturas é mais poderoso do que o ruído das grandes águas e do que as grandes ondas do mar.”

 

Toda comissão: Que homem é este, que até o vento e o mar lhe obedecem?

 

1 – Era tarde, Jesus cansado de ensinar a multidão disse aos seus discípulos: Passemos para o outro lado. E eles, deixando a multidão, o levaram consigo, assim como estava, no barco; Porém, levantou-se grande temporal de vento, e subiam as ondas por cima do barco, de maneira que já se enchia. Mas Jesus estava sobre uma almofada, e despertaram-no, dizendo-lhe: Mestre, não se te dá que pereçamos? E ele, despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança. E os discípulos sentiram um grande temor, e diziam uns aos outros:

 

Todas: Que homem é este, que até o vento e o mar lhe obedecem?

 

2 – Por onde ele passava, o povo perguntava: quem é este? Alguns perguntavam com ironia, como a dizer que ele não era importante. Outros perguntavam com expectação, pelos seus tão grandes sinais e maravilhas e outros ainda o olhavam com admiração, por reconhecer nele o Messias Salvador. Para os fariseus, ele era um blasfemo e pecador, que queria desfazer do judaísmo. Para os romanos, ele era apenas mais um desordeiro nacional. Para o povo, ele era apenas um dos profetas. Para Pedro, ele era o Cristo, o Filho do Deus Vivo! E para todos que sentiram o seu toque de amor, ele sempre foi o Senhor e Salvador! Ele é o Senhor dos Exércitos! Ele é o Rei da Glória!

 

3 – Para Marta e Maria, Jesus era a ressurreição e a vida! Quando o seu irmão Lázaro estava doente, elas, que sempre serviram ao Mestre, mandaram chamá-lo, porém ele estava longe e ainda demorou-se naquele lugar e quando chegou a Betânia, Lázaro estava morto há quatro dias! Quem podia dizer que havia esperança? Mas quando ele chegou disse a Marta: não te hei dito se creres verás a glória de Deus? Eu sou a ressurreição e a vida, quem crê em mim ainda que esteja morto viverá! E chegando ao túmulo, mandou que tirassem a pedra e clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora! E naquela mesma hora, Lázaro saiu com vida, porque quando Jesus fala, até os mortos ouvem a sua voz!

 

4 – Para a mulher adúltera, Jesus era o perdão. Oh, querida igreja, paremos um pouco e pensemos nas nossas próprias vidas antes de aceitarmos a Cristo, triste não? Imagine agora a vergonha daquela mulher, apanhada em adultério, diante do Deus vivo encarnado. Ela uma pecadora, ele sem pecado e os seus acusadores prontos para apedrejá-la!... Mas ele, com o seu amor, o seu olhar de ternura, sua voz serena, mas cheia de autoridade lhes diz: quem estiver sem nenhum pecado, atire a primeira pedra! E o povo vai se dispersando do maior ao menor! E hoje, este homem está aqui e ele é perdão nesta tarde! Arrepende-te! Confessa ao Senhor e sentirás o seu perdão, o seu amor na tua vida!

 

5 – Que homem é este? Para a viúva de Naim, Jesus era a consolação! Quando ela seguia com uma grande multidão para enterrar o seu único filho, seu coração era só tristeza, angústia e dor. Quem poderia consolar o coração daquela mãe, agora sem esperanças na vida? Mas eis que ao seu encontro vem outra grande multidão. Uma multidão diferente: todos cantam e se alegravam, porque Jesus estava presente. E ele, com seu olhar de ternura contemplando aquele coração angustiado, disse-lhe: Não chores! E disse ao moço: levanta-te! E o morto ressuscitou e Jesus entregou-o à sua mãe!

 

7 – E este mesmo Jesus é o que está aqui nesta tarde! Ele é o Deus do impossível, o Deus das grandes proezas! O Senhor Jeová Shalom, aquele que traz paz para o teu coração! O que perdoa as tuas iniqüidades e sara as tuas enfermidades! O gigante tem se levantado? Ele é maior que qualquer gigante na tua vida! Este homem das mãos furadas, tem poder salvar, libertar, operar maravilhas, basta tão somente que tu creias neste homem nesta tarde!

 

(as irmãs da comissão):

 

Mas quem é este homem? Quem é este homem:

 

Para Bartimeu, ele é a visão!

 

Para Maria Madalena, o Rabi da Galiléia!

 

Para Nicodemos, ele era o novo nascimento!

 

Mas ele não operou apenas no passado, ele opera no presente também!

 

Para o perdido, Jesus é o caminho!

 

Para a tua fome, ele é o Pão da Vida!

 

Para a tua enfermidade, Jesus é o médico dos médicos!

 

Para a tua causa, Jesus é o justo juiz!

 

Para a tua fraqueza, nesta tarde, Jesus é a tua força!

 

8 – E para este Círculo de Oração, este homem é o que repreende os ventos e o mar e tudo se faz bonança! Ele tem sido conosco em todas as lutas, nos fortalecendo, nos ensinando, pelejando por nós! Quando as ondas estão encapeladas, não tememos, pois ele está à frente do nosso barco e tudo obedece ao seu mandar! A morte, a vida, as lutas, as tempestades, a força a vitória, tudo! Tudo mesmo, está sob o seu controle e ele tem ouvido as nossas orações e respondido com poder, com graça, com virtude, bênçãos e livramentos! São 9 anos em que ele tem feito tantas maravilhas, tantos prodígios que a nossa mente não pode alcançar e dizemos:

 

Toda comissão: Que homem é este, que até o vento e o mar lhe obedecem?

 

Ore, jejue, decore e compareça aos ensaios.

Sua dedicação – a garantia de sua participação. Sua participação – a garantia de Deus operar em sua vida!

www.jograis.oi.com.br