QUAL É A TUA PETIÇÃO?

 

1 – Chegue a ti, Senhor, a minha súplica; dá-me entendimento, segundo a tua palavra. Venha a tua mão socorrer-me, pois escolhi os teus preceitos. Senhor, tenho clamado por todo o dia, tenho estendido para ti as minhas mão. Chegue à tua presença a minha petição!

 

Toda comissão: Igreja, o Senhor hoje te pergunta: qual é a tua petição?

 

2 – Esta foi a pergunta de Assuero à Rainha Ester. Naquele momento decisivo em sua vida, em que ela e todo seu povo estavam ameaçados de morte, Deus lhes Deus o escape através desta simples pergunta: "Qual é a tua petição"? Ah, Querida Igreja, não podemos imaginar a emoção de Ester ao ouvir aquelas palavras, pois elas significavam que o seu povo estava salvo e a sua vida preservada!

 

 3 – E se nós quisermos ouvir as palavras que Ester ouviu, devemos ter ousadia de entrar na presença do Rei. Para ela, tal ato podia significar o fim de sua vida, mas para nós, o caminho está livre pelo Sangue do Cordeiro. Não devemos perder tempo, mas entrar hoje mesmo na presença do Rei dos Reis e Senhor dos Senhores, pois Ele, só Ele é pode resolver os nossos problemas! Se fizeres como Ester: jejuares e orares, ouvirás a voz do Rei a te dizer?

 

Todos: Filho, qual é a tua petição?

 

4 – Imaginemos agora a situação de Bartimeu: Jesus estava perto. Bartimeu precisa e queria ver. E a multidão o mandava se calar. Mas ele não desistiu, passou a clamar ainda mais alto até que pôde ouvir o Mestre a lhe dizer: "Que queres que eu te faça"? Amados irmãos, não podemos desanimar ante as afrontas e ameaças do inimigo. Temos que clamar até que a resposta venha!

 

5 – Porém, as nossas orações não serão ouvidas de qualquer maneira. Precisamos ter um coração puro, um espírito quebrantado, uma alma obediente, fé como um grão de mostrada e uma vida sincera e reta diante de Deus! Se não for assim, nossas oração ficará impedida e a resposta nunca chegará. Temos que fazer como Elias: antes de orar, o altar tem que estar concertado!

 

6 – A perseverança na oração também é muito importante. Assim com Jacó lutou com o Anjo e não o deixou ir até que fosse abençoado, nós também devemos persistir lutando como Senhor até que a nossa petição seja respondida! A Bíblia não diz um tempo determinado para orar, ela diz que devemos orar até que a resposta venha! Continua orando e Deus e dará vitória!

 

Todos: Porque o crente que ora com fé recebe vitória!

 

7 – Se quisermos obter respostas da parte de Deus, devemos expor nossas causas diante do Senhor. Um crente orgulhoso, que tem vergonha de pedir ao Pai Celestial, jamais receberá as bênçãos do Senhor. Jesus nos disse: "Pedi e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei e abrir-se-vos-á"! Só fazendo assim, teremos certeza de que alcançaremos as petições que lhe fizemos. Não temas, irmão! Abre a tua boca e clama ao eu Deus. Ele está disposto a atender à tua súplica!

 

8 – Nos momentos de grande aflição e dor, quando nos faltam, as forças e só fazemos chorar, que coisa gloriosa é quando ouvimos a voz do Senhor a dizer: "Filha, qual é a tua petição"? Neste momento, as lagrimas fogem dos nossos olhos, as nossas forças são renovadas e a nossa alma se enche de riso, pois temos a certeza de que teremos a vitória!

 

9 – Porém, existe um fator decisivo para que as nossas petições sejam respondidas por Deus: é que peçamos segundo a sua vontade! Por melhores que sejam nossos planos, por mais bem intencionados que estejamos, a vontade de Deus sempre será melhor! E se não quisermos sofre decepções ou infortúnios, devemos pedir-lhe que se faça a sua vontade, pois João nos diz: E esta é a confiança que temos nele: que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, Ele nos ouve!

 

10 – E é por isso que estamos aqui hoje, nesta tão linda festa. É porque temos orado e pedido ao Senhor e Ele tem atendido às nossas orações: curando, salvando, batizando, operando prodígios e maravilhas em nosso meio. Este Círculo de Oração tem trabalho unido e Deus tem feito em nós a sua vontade. Às vezes queremos desanimar, mas o Senhor está conosco e não nos deixa sós. E hoje, ele também tem uma palavra pra você:

 

Toda comissão: Igreja minha, eis-me aqui! Qual é a tua petição?

 

 

Ore, jejue, decore e compareça aos ensaios.

Sua dedicação – a garantia de sua participação. Sua participação – a garantia de Deus operar em sua vida!

www.jograis.oi.com.br