FAZE O QUE ACHAR A TUA MÃO, PORQUE DEUS É CONTIGO.

 

1 – Não to mandei eu? Esforça-te e tem bom ânimo; não pasmes, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo, por onde quer que andares. Esforça-te e tem bom ânimo para teres o cuidado de fazer conforme toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares. Não se aparte da tua boca o livro desta Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque, então, farás prosperar o teu caminho e, então, prudentemente te conduzirás.

 

Toda Comissão: Faze o que achar a tua mão, porque Deus é contigo!

 

2 – Querida Igreja, não existe algo melhor na vida do crente do que ter as suas ações confirmadas pelo Senhor! Quem não gostaria que, ao firmar qualquer negócio, o Senhor o confirmasse e lhe desse êxito? E todos nós podemos ter isso, pois a Bíblia nos diz que “o que ligares na terra, será ligado no céu”. Porém, para que essa promessa se cumpra em nossas vidas, devemos tomar algumas atitudes, assim como Saul precisou tomar, quando Samuel lhe ungiu rei sobre Israel. O nosso Deus é grande e tudo pode fazer em nossas vidas, mas se o crente não estiver de acordo com a sua vontade, nada será feito!

 

Voz Oculta: Partindo-te hoje de mim, acharás dois homens junto ao sepulcro de Raquel, no termo de Benjamim, em Zelza, os quais te dirão: Acharam-se as jumentas que foste buscar, e eis que já o teu pai deixou o negócio das jumentas e anda aflito por causa de vós, dizendo: Que farei eu por meu filho? E, quando dali passares mais adiante e chegares ao carvalho de Tabor, ali te encontrarão três homens, que vão subindo a Deus a Betel: um levando três cabritos, o outro, três bolos de pão, e o outro, um odre de vinho. E te perguntarão como estás e te darão dois pães, que tomarás da sua mão. Então, virás ao outeiro de Deus, onde está a guarnição dos filisteus; e há de ser que, entrando ali na cidade, encontrarás um rancho de profetas que descem do alto e trazem diante de si saltérios, e tambores, e flautas, e harpas; e profetizarão. E o Espírito do SENHOR se apoderará de ti, e profetizarás com eles e te mudarás em outro homem. E há de ser que, quando estes sinais te vierem...

 

Todas: Faze o que achar a tua mão, porque Deus é contigo!

 

3 – Para que o Senhor confirme a obra das suas mãos, o crente não pode dar ouvidos àqueles que não tem compromisso com a da obra do Senhor! Sempre aparecerão aqueles que não trabalham e ainda atrapalham os que querem trabalhar! Mas o crente que tem convicção da sua chamada, não ouve dá ouvidos às afrontas, às calúnias ou às perseguições! Ele prossegue firme para o alvo, olhando para Jesus que é o autor e consumador da sua fé! Ele ora com fé e o Senhor o atende! Mesmo que o caminho seja difícil, ele não deixa de fazer a obra de Deus: orando, louvando, vigiando e consagrando ao Senhor!

 

4 – E para que o crente saiba qual a vontade Deus para a sua vida, ele precisa estar na casa do Senhor! Porque este não é outro lugar senão a Casa de Deus, a porta dos céus! É nesta casa que oramos e Deus nos reponde. Quando chegamos aflitos, ele nos refrigera. Nas lutas, Ele é a nossa vitória e nas tristezas, ele é a nossa alegria! Por isso o salmista nos diz: Uma coisa pedi ao Senhor e a buscarei: que possa morar na Casa do Senhor todos os dias da minha vida para contemplar a formosura do Senhor e aprender no seu Templo! Queres vitória? Queres conhecer a vontade de Deus para tua vida? Vem buscá-lo nesta Casa de Oração!

 

Todas: Porque está escrito: Tudo que pedirdes em oração, crendo, recebereis!

 

5 – Sim, porque para ter a obra confirmada em suas mãos, o crente não pode deixar de subir ao Monte de Deus. E o caminho é só um: a Oração! Pela oração, as portas fechadas se abrem; os céus fazem descer chuva; o Mar Vermelho é aberto; os mortos ressuscitam e os enfermos são curados. Na oração, o crente vê a glória de Deus! Nos nossos dias, muitos crentes não vêem Deus operar, porque não querem pagar o preço da oração. Os problemas o afligem, o gigante se levanta, as lutas se tornam tremendas e o crente fica como Jonas, dormindo no porão do navio! Desperta nesta tarde, dormente! Busca ao Senhor enquanto se pode achar e verás que Ele é resposta na tua vida!

 

6 – O crente que quer ver Deus operar em sua vida, deve receber o Pão do Senhor, que é a sua palavra. É pela Palavra que nossas vidas são guiadas à vontade do Senhor! É ela que purifica o nosso caminho e é a lâmpada para os nossos pés. Sendo norteado pela Palavra, o crente não se embaraça com os negócios desta vida e agrada àquele que o alistou para a guerra! Também não podemos nos esquecer do louvor ao Senhor! Toda nossa vida deve ser consagrada para louvar a Deus. Nossos joelhos devem louvá-lo nos momentos de oração! Nossos pés devem honrá-lo levando a sua palavra. E nossas mãos devem louvá-lo ao estendermos um abraço amigo ao irmão aflito!

 

Todas: Bendize, ó minha alma, ao Senhor e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome!

 

7 – Por fim, o crente deve deixar que o Espírito Santo o envolva e mude sua vida. Quantos insucessos espirituais acontecem porque muitos crentes impedem que o Espírito Santo trabalhe em suas vidas! Quantos se submetem as ordens humanas sem questionar, mas ao Senhor, que tem nossa vida em suas mãos, muitos não querem obedecer! Não querem amar, perdoar, orar, jejuar, dedicar seu tempo à obra de Deus! E o resultado é uma vida espiritual, e até mesmo material, amarga e fracassada! Mas o crente que deixa o Espírito Santo lhe envolver e dá lugar para que ele opere vê a glória de Deus descer sobre a sua vida e o impossível acontecer!

 

8 – E é por isto, que este Círculo de Oração está em festa, porque a Mão do Senhor tem confirmado a obra de nossas mãos e respondido as nossas orações! Ele tem salvado, batizado e curado muitas enfermidades, aberto as portas de emprego, pois foi o Senhor que o determinou, quem pois o invalidará?  E ele permanece com os seus ouvidos atentos à nossa oração. Na solidão, Ele é o amigo mais chegado que um irmão. E temos visto as bênçãos de Deus derramadas sobre este lugar: Os nossos filhos e esposos têm sido libertos e os laços têm sido quebrados! Tudo isso, porque fazemos a sua vontade e nos colocamos na sua presença em oração! E se, nesta tarde, tu preparaste o teu coração, estende as tuas mãos para Ele, pois o Senhor te diz nesta hora:

 

Todos: Faze o que achar a tua mão, porque Deus é contigo!

 

Ore, jejue, decore e compareça aos ensaios.

Sua dedicação – a garantia de sua participação. Sua participação – a garantia de Deus operar em sua vida!

www.jograis.oi.com.br