DEUS A AJUDARÁ AO ROMPER DA MANHÃ!

 

Exaltar-te-ei, ó Senhor, porque tu me exaltaste; e não fizeste com que meus inimigos se alegrassem sobre mim. Senhor, meu Deus, clamei a ti, e tu me saraste. Senhor, fizeste subir a minha alma da sepultura; conservaste-me a vida para que não descesse ao abismo. Cantai ao Senhor, vós que sois seus santos, e celebrai a memória da sua santidade. Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida; o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.

 

Todos: Deus a ajudará ao romper da manhã!

 

Querida Igreja, a palavra de Deus nos diz que há um rio cujas águas alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Deus está no meio dela, jamais será abalada. Deus a ajudará ao romper da manhã! Esse rio é o Espírito Santo e essa cidade é a igreja! Se os nossos olhos estiverem firmes no Senhor, pois mais longa e escura que seja a noite, poderemos sentir a sua mão segurando as nossas, pois Ele é o Deus que vela pelo seu povo. Se nós lançarmos os nossos fardos sobre ele, ele nos susterá, pois nunca permitirá que o justo seja abalado. Assim como fez na vida dos grandes homens e mulheres de Deus, Ele está pronto a fazer nas nossas. Basta que nós deixemos Ele operar!

 

Longa foi a noite na vida de Ana. Sua aflição era muito grande, pois ela não podia ter filhos e isso era sinal de opróbrio e até mesmo de desprezo de Deus. Quantas e quantas vezes ela foi afrontada por Penina, sua rival, pois essa tinha filhos, enquanto Ana não tinha. Mesmo quando iam à adoração, Penina a afligia a tal ponto de Ana nem sequer poder alimentar-se. Mas eis que um dia Ana subiu ao Senhor e perante ele derramou a sua queixa e as suas aflições pedindo-lhe um filho. E Deus atendeu a sua oração e deu-lhe Samuel, que foi mais tarde um instrumento vivo nas mãos de Deus!

 

Todos: Pela manhã, ouvirás a minha voz, ó Senhor; pela manhã, me apresentarei a ti, e vigiarei.

 

Escura também foi a noite pela qual o Rei Ezequias passou, quando Senaqueribe, Rei da Assíria, mandou lhe afrontar dizendo: Que confiança é esta que tu manifestas? Se é no Egito que confias, sabe que a tua mão será furada. E se é no Senhor, teu Deus, sabe que nenhum dos deuses das outras nações as puderam livrar. Achas tu que o teu Deus poderá fazê-lo? Mas Ezequias pegou daquelas cartas e estendeu-as perante o Senhor no seu templo e o Senhor lhe disse: Pelo caminho por onde vier, por esse voltará; Porque eu ampararei esta cidade, para a livrar, por amor de mim e por amor do meu servo Davi. Então, saiu o Anjo do Senhor e feriu 185.000; e, quando se levantaram pela manhã cedo, eis que todos estes eram cadáveres.

 

Muitas vezes no sentimos como os discípulos em pleno mar, açoitados pelas ondas e sem a presença de Jesus. Mas eis que pela manhã, o Senhor veio ao encontro deles andando por cima do mar, e mandou que a tempestade se aquietasse e tudo se fez bonança. Nosso Deus ainda é o mesmo! Assim como ouviu a oração de Ana, de Ezequias, de Abraão, ele também atende as nossas orações. A nossa confiança não pode estar nos homens, e sim, no Senhor, aquele que nos ajudará ao romper da manhã. Às vezes tememos, como os discípulos, mas eis que o Mestre nos diz: Não temais, Sou Eu! Porque Deus está no meio da sua Igreja e ela nunca será abalada!

 

E hoje estamos aqui porque muitas foram as lutas e as noites escuras, mas o Senhor nos ajudou ao romper da manhã. Podemos ver a sua mão estendida em nossas vidas e neste lugar. As enfermidades vieram, mas através da oração o Senhor tem curado! Problemas, desemprego, dificuldades, mas o Senhor tem aberto as portas, tem consolado os corações, tem dado ânimo aos cansados e renovado as esperanças dos desesperançados. O inimigo quer afrontar, mas maior é o que está em nós do que o que está no mundo! Com eles está o braço de carne, mas conosco está o Senhor como poderoso guerreiro, para nos livrar! E ainda que a noite seja tenebrosa, não tememos:

 

Todos: Porque o Senhor nos ajudará ao romper da manhã!

 

Ore, jejue, decore e compareça aos ensaios.

Sua dedicação – a garantia de sua participação. Sua participação – a garantia de Deus operar em sua vida!